Cultura

Associação Paralelo 17°S “O Descobrimento” é uma organização não-governamental 100% brasileira que trabalha deste 2002, promovendo a cultura, a arte e o trabalho dos artistas das comunidades do extremo sul da Bahia.

Atuamos na região do Parque Nacional do Descobrimento, do Parque Histórico do Monte Pascoal, do Parque Marinho de Abrolhos e da Resex Marinha de Corumbau.

A Bahia é uma terra de cultura sofisticada, entre as mais tradicionais e ricas das Américas.

Historicamente, as raízes da nação brasileira estão na Bahia. O Estado tem sido um celeiro de mentes brilhantes, cientistas, engenheiros, escritores, poetas, músicos e artistas.

Nos séculos 19 e 20, chegaram os imigrantes europeus e asiáticos, principalmente ingleses, portugueses, galegos, alemães, suíços, italianos, japoneses, sírios e libaneses. Eles contribuíram para enriquecer a cultura local.

Na poesia, a Bahia gerou o primeiro grande poeta brasileiro: Gregório de Mattos, e o maior de todos: Castro Alves. Na literatura, João Ubaldo Ribeiro e Jorge Amado, que não ganhou um Nobel por azar do prêmio, que ficará devendo isso à cultura mundial.

Nas artes plásticas, os baianos destacaram-se inicialmente com seus grandes mestres da arte sacra, desde o século XVII. O século XX conheceu Mario Cravo, Calasans Neto, Neide Bacelar, Tati Moreno e outros.

Com mais de 14 milhões de habitantes, a Bahia é multicultural, sempre criando novas referências.

Precisamos de você na luta pela conservação e divulgação da cultura nesta região, apoiando projetos e iniciativas voltadas neste sentido!

Festa Marujada em homenagem a São Benedito, tradicional de Prado

Cultura e Incentivo e Preservação do Patrimônio Histórico, Artístico & Cultura

A Cultura e a preservação do Patrimônio Artístico na região demandam um conjunto abrangente de iniciativas para o desenvolvimento regional, sustentável e integrado. A seguir, apresentamos alguns de nossos objetivos, programas, iniciativas, oportunidades e ações na área da Cultura a serem desenvolvidos pela Associação Paralelo 17°S “O Descobrimento”:

– Apoio para a estruturação e o fortalecimento do Sistema Municipal de Cultura de Prado e municípios da Região (Plano Municipal de Cultura, Fórum Municipal de Cultura, Instrumentos de financiamento da Cultura, órgão Municipal de Cultura e Conselho Municipal de Cultura);

– Apoio para o desenvolvimento de atividades culturais locais integradas às políticas públicas e aos programas do Governo do Estado da Bahia e do Governo Federal;

– Prospecção de investimentos privados nacionais e de instituições internacionais para financiamento de programas culturais na região;

– Revitalização e gestão do Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico local, com intervenções de recuperação e restauração  (gestão dos bens protegidos, entre outras atividades);

– Mapeamento, fortalecimento, registro e difusão do Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico imaterial da região;

– Desenvolvimento de atividades de Formação Artística nas áreas de artes visuais, patrimônio, artes cênicas e musicais, sempre integradas às tradições da cultura local;

– Desenvolvimento de Atividades de Formação em Cultura, empreendedorismo e Gestão Cultural;

– Apoio gerencial e de gestão para empreendedores culturais locais;

– Desenvolvimento e prospecção de atividades culturais diversas como festivais de cultura, mostras de cinema, exposições e programações culturais;

– Fortalecimento, revitalização e estruturação do artesanato local, sempre aliado à política de preservação ambiental;

– Atuação a favor do Parque Nacional e Histórico do Monte Pascoal (Patrimônio Natural Mundial da UNESCO); Parque Nacional do Descobrimento (Patrimônio Natural Mundial da UNESCO) e Parque Nacional Marinho de Abrolhos (reconhecido pela UNESCO como Posto Avançado da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – RBMA), com a finalidade de desenvolver programas culturais integrados à preservação ambiental;

– Interpretação do espaço, com criação de museus e áreas de intervenções culturais (como Parques de Esculturas), curadorias específicas de arte e meio ambiente, além da atuação com educação patrimonial e ambiental;

– Realização de Projeto de Sinalização ambiental e Patrimonial Interpretativa nos Parques, com consequente valorização do Patrimônio, Reconhecimento e Preservação;

– Desenvolvimento de Projeto de Museu Cultural de Território, integrando os Parques e outras iniciativas culturais da Região e gerando uma ampliação da visibilidade por meio de Circuito Integrado;

– Criação de uma cinemateca e uma videoteca; e

– Criação de um Ponto de Cultura, disponibilizando acesso à internet.

Todas essas iniciativas precisam de parcerias para dar certo!

Igreja de Nossa Senhora da Purificação, em Prado