No fundo Monte Pascoal, marco do descobrimento do Brasil

Economia

A Associação Paralelo 17°S tem como um de seus objetivos principais o incentivo ao desenvolvimento econômico das comunidades do extremo sul da Bahia. Além de batalhar pela melhoria da infra-estrutura da região (como a construção da BA 001, de Caraiva até Prado, o projeto de criação de Trade Turístico com cluster Cumuruxatiba e Corumbau e o projeto de parceria e gestão do aeroporto de Prado e Caravelas), também apoia outras ações e iniciativas que estão mais diretamente ligadas à população.

Entre elas, podemos citar os cursos de capacitação em Turismo, Educação Ambiental e Corte & Costura e os programas de Economia Solidária, de Desenvolvimento do Empreendedorismo Rural e de APLs (Arranjos Produtivos Locais), para incrementar segmentos como a pesca, o artesanato (especialmente de palha de piaçava, de madeira e de coco), a fruticultura (cultivo e produção de polpa de frutas, geleias, doces e frutas secas), a produção de biscoitos e derivados da mandioca (beiju, goma, tapioca, farinha e fécula), de mel de abelhas nativas, de leite e de laticínios (como ricota, requeijão, muçarela e iogurte), além de chocolate  artesanal, elaborado a partir do cacau – tão abundante na região.